Equipe Técnica: Rogéria Zapata Valeria Moreno Adriana Castro
Amostras retangulares de vidro cristal

Vidro Cristal

O vidro cristal, também conhecido como soda-lime, incolor, vidro float ou soda-cal, é o tipo mais comum de vidro produzido. É composto de cerca de 70% de sílica (𝑆𝑖𝑂2), 15% de soda (𝑁𝑎2𝑂) e 9% de cal (𝐶𝑎𝑂), com quantidades muito menores de vários outros compostos.

O vidro cristal é quimicamente estável, razoavelmente duro e extremamente versátil e resistente. Essas qualidades o tornam adequado para a fabricação de uma ampla variedade de produtos de vidro.

É amplamente utilizado na indústria como visores em geral e adequações de ambientes conforme NR12 por ser considerado um vidro de segurança após temperado.

Resumo Técnico

Temperatura de trabalho Choque Térmico
110 °C 50 °C
Temperatura de trabalho (temperado) Choque Térmico (temperado)
150 °C 118 °C
Pressão de trabalho
Consultar um atendente para estudo de aplicação.
Espessuras
De 2 a 25 mm ± 0,5 mm
Dados Técnicos
Densidade 2,5 g/cm3
Temperatura amolecimento 715 °C
Temperatura de recozimento 548 °C
Índice refletivo (1 µm) 1,511
Coeficiente de expansão linear 0,0000083 °C
Condutividade térmica 0,937 W/(mK)

Aplicações

Visores de Vidro

Devido a resistência mecânica e transmissibilidade de luz do vidro cristal, ele se torna excelente para aplicações onde é necessário visualizar o interior de máquinas e reservatórios para conferir a passagem de fluxo, nível de líquido ou lubrificante no equipamento ou o comportamento do fluído de visualização.

Medicina

A capacidade do vidro cristal de absorver dióxido de carbono a torna valiosa nas profissões médicas e cirúrgicas. Muitos sistemas de anestesia, por exemplo, recircular a respiração do paciente por meio de um sistema de filtração de cal sodada. O dióxido de carbono é filtrado, abandonando o oxigênio, que pode ser encaminhado de volta ao paciente. O cristal para sistemas respiratórios é peletizada em pequenas esferas ou hastes quebradas, minimizando qualquer risco de inalação do produto químico cáustico.

Respiradores e Fisioterapia Respiratória

A proficiência da cal sodada em remover dióxido de carbono do ar, abandonando o oxigênio, a torna uma parte crucial dos “depuradores” de CO2, ou sistemas de reinalação. Eles são usados para manter o ar respirável quando a circulação com o ar externo é impossível, como no caso de submarinos ou veículos espaciais. Os respiradores do tamanho de um capacete também podem ser usados para mergulho, eliminando a necessidade de tanques pesados para mergulhos mais curtos. As unidades de reinalação também são construídas em muitas câmaras hiperbáricas, usadas por mergulhadores para evitar as “curvas” quando tiveram que emergir muito rapidamente.

Dessecante

A capacidade do cristal de absorver umidade a torna um poderoso agente de secagem, ou dessecante, para uso comercial e industrial. Sua toxicidade e natureza cáustica tornam-no impróprio para uso pelo consumidor, onde o gel de sílica é preferido, mas é usado em uma série de processos industriais. Pode ser preparado em embalagens seladas e permeáveis à umidade, ou sachês, ou em alguns casos incorporado diretamente a um composto durante a mistura.

Máscara de Gás

Um uso especializado da capacidade do cristal de absorver gases é na construção de máscaras de gás. Os modelos usados em ambas as guerras mundiais usaram uma combinação de carvão ativado e cal sodada para absorver gases potencialmente prejudiciais. O carvão era a primeira linha de defesa, mas o vidro cristal absorvia gases como o fosgênio, que não eram afetados pelo carvão.

Solicite um Orçamento

Nosso time de consultoria e atendimento está pronto para o seu projeto. Fale conosco!

Todos os campos do formulário são obrigatórios.

Ao enviar este formulário você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Foto da fábrica da Vidrak em Sorocaba/SP

Precisa de um
projeto sob medida?

Nossos consultores estão prontos para ajudar você a encontrar a melhor solução em vidros e metais industriais, sempre com a melhor qualidade, o melhor prazo e o melhor custo-benefício.